Mediação e Conciliação

Mediação e Conciliação são formas de solução de conflitos de interesses interpessoais.
Marca-se um encontro entre as partes na presença de um mediador, pessoa imparcial e neutra que vai favorecer o diálogo.

 

Eventualmente o conciliador pode até apresentar algumas idéias para que se chegue ao acordo.
O bom da mediação e conciliação é que, chegando-se a um acordo, o desgaste do processo judicial é evitado e todos saem ganhando.

 

O CPC proibe a utilização de constrangimento para convencer uma das partes a concordar. Ninguém é obrigado a participar da mediação ou conciliação se não estiver de acordo, e também niguém é obrigado a permanecer na reunião de mediação ou conciliação.


Havendo acordo, um termo é redigido, lido, assinado pelas partes, podendo ser homologado por um juiz de direito, e já entra na faze de execussão. Caso contrário o processo segue seu fluxo.


Vários tipos de conflitos podem ser solucionados através da mediação ou conciliação:

  • Pensão alimentícia
  • Divórcio
  • Guarda dos Filhos
  • Partilha de bens
  • Acidentes de transito
  • Dívidas
  • Danos morais
  • Demissão do trabalho
  • Questões de vizinhança e condomínio
  • Pagamentos parcelados ou à vista